+55 11 97489-7338 Seg - Sex 9:00 - 19:00 | Sáb 10:00 - 17:00 Guarulhos, São Paulo
+55 11 97489-7338 Seg - Sex 9:00 - 19:00 | Sáb 10:00 - 17:00 Guarulhos, São Paulo

Tântra e Massagem Tântrica

A massagem tântrica é um estilo de massagem que tem como base o Tantra (que tem suas raízes no Tantra Yoga), que é uma filosofia surgida em 2.500 a.C., cuja origem se deu na cultura Drávida, povo que vivia no vale do Rio Indo, onde hoje é conhecido como Paquistão.

O Tantra é uma filosofia de vida que oferece, por meio de métodos, meditações e da massagem tântrica, a transformação de cada aspecto de nosso ser, nos libertando das limitações de crenças distorcidas a respeito do sexo. Possibilita renovar nossa visão a respeito da sexualidade, do amor e da espiritualidade, como partes que se complementam, respondendo a uma das grandes perguntas do ser humano sobre como ter uma vida mais satisfatória.

O Tantra e a espiritualidade

De acordo com Osho, professor e precursor incentivador do Tantra, se a sexualidade for reprimida a espiritualidade não será alcançada, pois são dois polos de um mesmo sistema energético.

Devido aos condicionamentos errôneos sobre a sexualidade feminina e masculina, muitas pessoas adoecem física, psicológica e emocionalmente e acabam não conhecendo os benefícios da massagem tântrica e do Tantra.

O que se pode observar claramente é que por não existir uma educação sexual abrangente, a consequência é que as pessoas se sentem culpadas, julgam os outros e a sexualidade fica cada vez mais separada da evolução espiritual.

Essa visão distorcida a respeito da sexualidade, abafando a natureza humana e exaltando a espiritual, cria uma separação interna doentia, fazendo com que a alegria e a espontaneidade sejam perdidas.

E a vida sexual, que deveria ser uma expressão do amor puro do ser, torna-se um esforço e/ou uma obrigação.

Mas, através da massagem tântrica, essa ligação pode ser resgatada, e, desta forma, recuperada a capacidade de sentir o prazer máximo em todos os aspectos da vida, não só no ato sexual.

O Tantra e a saúde física e emocional

A saúde física está ligada ao estado emocional e mental, portanto está ligada a felicidade. Um simples exemplo é que quando se está doente não há disposição para fazer amor, passear ou se divertir.

E tudo recebe influência direta do ambiente, dos hábitos e das crenças que, da mesma forma que dão liberdade de escolha, também deixam claro que há responsabilidades pelas consequências dessas escolhas.

Como exemplo da influência ambiental, podemos citar o Feng Shui, que ensina a harmonizar o ambiente por meio da disposição dos objetos, móveis e arquitetura, para assim melhorar a qualidade de vida.

Outro fator externo que tem grande influência em no sistema físico, emocional e mental, são os alimentos ingeridos, como aborda a medicina ayurvédica, a chinesa, dentre outras.

Até mesmo a forma como somos acariciados e tocados – se criança, adulto ou velho – afeta a saúde. Um aspecto muito importante é como a mente, que é um computador biológico, é afetada pelo ambiente externo, já que é facilmente condicionada.

Para que se possa expressar plenamente seu potencial, é importante então que os ambientes internos e externos sejam equilibrados e acolhedores. Mas o fator mais importante de todos, e que conduz à felicidade plena, é o amor próprio, que começa por amar o próprio corpo, e é a base para amar–se em todos os níveis.

Quando alguém não gosta de alguma parte de si, como corpo, atitudes, etc., vai emitir essa vibração, que vai fazer com que os outros se afastem. Assim é também quando alguém se ama, admira e respeita que fará com que as pessoas ao seu redor sejam atraídas pela sua energia.

Podemos observar que muitas pessoas que reclamam por não terem encontrado o amor verdadeiro, não se amam, não se aceitam, não cuidam do seu corpo, e pelo contrário, se tornam como um depósito de lixo para emoções reprimidas, têm pensamentos negativos e violentos e uma alimentação nada saudável.

É incrível como atitudes consideradas banais, como a forma de se tocar, como se olhar no espelho, como falar e pensar sobre si, refletem na felicidade.

A partir do momento que o corpo é cuidado e valorizado, as experiências físicas se projetam para um estado ampliado de consciência, onde o corpo, a mente e a alma interagem e trabalham em harmonia.

O Tantra ensina que o corpo é o templo sagrado, onde mora o Ser Divino, e que através dele se pode expandir e atingir níveis cada vez mais altos de percepção, através dos métodos e meditações do Tantra, como a respiração, a dança, o canto, o toque, o ato sexual e o orgasmo.

É por meio do amor próprio e do cuidado que se tem com seu eu, que a energia vital poderá circular livremente por todo o sistema, conduzindo à plenitude da sexualidade.

Fazer um comentário